Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Inês Aroso - Escritora

Sempre sonhei ser escritora... Aqui, sou!

Inês Aroso - Escritora

Sempre sonhei ser escritora... Aqui, sou!

O polvo sonâmbulo

02.08.19 | Inês Aroso

octopus-428745_960_720.jpg

Era uma vez um polvo sonâmbulo. Durante o Verão, todas as noites vagueava pela pequena vila onde morava e estendia os seus tentáculos pelas janelas abertas dos quartos dos habitantes. Garante quem o viu que só escolhia os quartos onde dormiam as mulheres mais bonitas, a quem acariciava a face (diz-se) e fugia. De dia, não se lembrava de nada. Até que, certa ocasião, foi apanhado por uma lula e dois chocos da comissão de ética dos moluscos. Foi obrigado a colocar várias pulseiras eletrónicas, uma em cada tentáculo. Talvez seja por isso que, ainda hoje, as pessoas da vila fecham as janelas de noite, com medo do polvo. Também é pelo mesmo motivo que algumas damas mais afoitas deixam a janela aberta, com esperança que o polvo apareça...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.